Goiânia cresce acima da média nacional na geração de empregos, em 2022

Goiânia cresce acima da média nacional na geração de empregos de janeiro a junho de 2022: capital avança 5,33%, enquanto média nacional é 3,28%, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) - Fotos: Secom

Capital registra avanço de 5,33% de janeiro a junho. Média nacional é de 3,28%. Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Goiânia também é o município onde mais se abriram vagas de trabalho no Estado: 24,7 mil novos postos preenchidos nos primeiros seis meses do ano. “Pesquisa mostra que nossos esforços para auxiliar setor econômico a se reestruturar após período mais crítico da pandemia trazem resultados”, afirma prefeito Rogério Cruz

A geração de empregos em Goiânia avançou em patamares acima da média nacional até junho de 2022. É o que apontam dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao Ministério do Trabalho. A capital registrou crescimento de 5,33%, enquanto a média do País foi de 3,28%. No acumulado dos últimos 12 meses, a criação de postos de trabalho em Goiânia foi de 9,07%, enquanto no Brasil foi de 6,67%.

Goiânia também é a cidade que mais gerou novos empregos no primeiro semestre deste ano, em Goiás. Foram 24.736 novos postos de trabalho preenchidos nos primeiros seis meses do ano. Em todo o Estado, foram criadas 76.416 novas vagas no período.

O setor de serviços é o que mais contratou trabalhadores na capital. Foram 15.550 novos funcionários registrados junto aos órgãos governamentais. A construção civil vem na segunda posição, com 4.448, seguido do comércio, que somou 2.776 novos funcionários. A indústria ocupa a quarta colocação, com 1.813, e por fim a agropecuária, com 109 novos postos de trabalho.

“É uma pesquisa muito significativa porque mostra que os nossos esforços para auxiliar o setor econômico a se reestruturar após o período mais crítico da pandemia trazem resultados. A prefeitura é uma aliada do setor produtivo, inclusive ao formar mão de obra com os cursos gratuitos oferecidos pelo município”, afirma o prefeito Rogério Cruz.

A prefeitura de Goiânia oferece centenas de cursos profissionalizantes gratuitos para a população. As vagas podem ser conferidas no aplicativo Prefeitura 24 horas e no site da Prefeitura de Goiânia. Os alunos, a depender do curso escolhido, ainda contam com auxílio para vale transporte e lanche.

“O cidadão busca uma oportunidade e a prefeitura entra como facilitadora, seja por meio dos cursos profissionalizantes, ou mesmo do Sine. O importante é apoiar tanto os empresários quanto os profissionais, porque são eles que fazem a roda da economia girar”, diz Rogério Cruz.

Goiás
Aparecida de Goiânia foi o segundo município, entre as maiores do Estado, com melhor saldo de contratações no primeiro semestre de 2022. O município, que fica na região metropolitana da capital, registrou 4.978 novos trabalhadores registrados. Anápolis ficou na terceira posição, com 4.418, seguido de Rio Verde, com 2.684. Águas Lindas, no Entorno de Brasília, obteve 540.

Anúncio