Gordura branca e gordura marrom

Você já ouviu dizer que existem diferentes tipos de gordura em seu corpo, alguns bons para você e outros não. Eu poderia ser uma pessoa de sorte que tem apenas o tipo bom?

Existem dois tipos de tecido adiposo: o branco e o marrom. Cada um tem uma estrutura e função diferente. A perda ou ganho de peso está relacionada à quantidade de gordura que esses tecidos armazenam, interferindo na sua facilidade ou dificuldade para emagrecer. Eles correspondem entre 20 e 25% do peso corporal das mulheres e 15 a 20% dos homens, considerando pessoas com peso normal.

Infelizmente, ninguém tem apenas o tipo bom, mas a maioria de nós pelo menos tem alguns.

Nos últimos 30 anos, aprendemos muito sobre gordura. Costumávamos pensar que era principalmente isolamento contra o frio, nada mais. Na verdade, é muito mais.

Uma descrição moderna da gordura é fornecida em um artigo do Dr. Aaron Cypess, do National Institutes of Health, publicado em 24 de fevereiro de 2022, no The New England Journal of Medicine.

Ele explica como a gordura (tecido adiposo) contém não apenas células cheias de gordura (adipócitos), mas também vasos sanguíneos, nervos e células do sistema imunológico.

O tipo mais comum de tecido adiposo é o tecido adiposo branco (“gordura branca”), localizado no peito, abdômen e parte superior das pernas; muito disso constitui obesidade. A gordura branca faz mais do que fornecer isolamento contra o frio.

Assim como uma bateria recarregável, ela também armazena gorduras derivadas dos alimentos e libera continuamente pequenas quantidades de gorduras a serem convertidas em energia.

Precisamos desse suprimento constante de energia para funcionar. Se não pudéssemos armazenar e liberar continuamente fontes de energia, precisaríamos estar constantemente comendo. Se tivéssemos que fazer isso, faríamos ainda menos em um dia.

O tecido adiposo marrom (“gordura marrom”) é encontrado no pescoço, ombros, peito e abdômen, em pequenas quantidades – menos de um centésimo da quantidade de gordura branca.

Sua principal função é queimar as gorduras que armazena, criando calor que nos mantém aquecidos. Existem outros tipos de tecido adiposo também, com diferentes funções.

Descobrimos que o tecido adiposo também produz muitos hormônios, incluindo alguns que afetam nosso apetite, pressão arterial, açúcar no sangue e colesterol. Também produz moléculas do sistema imunológico que podem afetar o grau de inflamação em nossos corpos.

O perfil mais saudável é ter relativamente mais gordura marrom e relativamente menos gordura branca do que a média.

Neste momento, a medição da quantidade de gordura marrom e branca em nosso corpo não está disponível rotineiramente. Também não sabemos como aumentar a quantidade de gordura marrom. Mas, por mais difícil que seja fazer, sabemos como reduzir a quantidade de gordura branca.

Apesar de o tecido marrom ser conhecido como gordura boa, o tecido adiposo branco também é importante para a nossa saúde e funcionamento do nosso organismo. Por isso, o ideal é manter uma alimentação equilibrada que colabore com o funcionamento de ambos.

Max Lima é médico especialista em cardiologia e terapia intensiva,conselheiro do CFM, médico do corpo clínico do hospital israelita Albert Einstein, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso(SBCMT), Médico Cardiologista do Heart Team Ecardio no Hospital Amecor e na Clínica Vida , Saúde e Diagnóstico. CRMT 6194
Email: maxwlima@hotmail.com

Anúncio