Mostra coletiva ‘Liberta’ entra em cartaz no Lowbrow, neste feriado

Com 12 obras das artistas Junger Thai, Larovski e Luiza Portilho, exposição fala sobre liberdade, amor e resistência

A liberdade de ser, amar, existir e resistir é o enredo da mais nova exposição do Lowbrow Lab Arte & Boteco, que entra em cartaz nesta quinta-feira (21), a partir das 19 horas. Com o nome de “Liberta”, a mostra coletiva apresenta obras das artistas Junger Thai, Larovski e Luiza Portilho que refletem suas experiências de vida e essências ao trazer à tona relatos de liberdade, amor e resistência.

Ao todo, 12 obras feitas com acrílica sobre tela, spray sobre madeira e tela e, ainda, de técnica mista sobre tela estarão expostas até 19 de junho, na galeria de arte do Lowbrow. A curadoria da mostra é de Roan, proprietário da casa. Já a visitação é gratuita e pode ser realizada entre quinta-feira e sábado, das 19 horas à meia-noite.

A noite de abertura da nova exposição ainda será embalada pela discotecagem das DJs Gabi Matos e Paulíssima que, a partir das 20 horas, apresentarão um repertório recheado de guitarrada, cumbia, samba, baião, reggae, dub, forró, carimbó, afrobeat e reggaeton.

Sobre as artistas
Junger Thai
 é uma artista visual autodidata. Nascida no interior do Rio de Janeiro, reside, atualmente, em Goiás. Usa a arte para se expressar desde a adolescência e, a partir de 2020, passou a se dedicar integralmente ao estudo e profissionalização de suas obras.  Sua arte retrata o lado místico, selvagem e sensual das mulheres e sua íntima relação com a natureza, seus elementos e sua infinita possibilidade de cores e formas.

Lara Costa, mais conhecida como “Larovski”, tem 21 anos. Nascida e criada em Goiânia, atua como artista visual, designer gráfico e tatuadora aprendiz. Exercitando diariamente a criatividade, seu objetivo é criar um universo onde cores, texturas padrões e formas se entrelaçam e brincam com os diversos campos sensoriais através da linguagem visual do espectador. Explora e experimenta diversas técnicas artísticas, como: muralismo, pintura em tela e em superfícies (móveis, tecido cru ou vestuário, madeira, metal entre outros), colagem, serigrafia, arte digital e impressa, esculturas em biscuit e tatuagem. No design gráfico, tem experiência em criação de peças on/off, gerenciamento de mídias sociais e desenvolvimento de identidade visual.

Luiza Portilho, nascida e criada em Goiânia, acredita que dentro de seu coração está um estúdio. Sua alma trabalha constantemente ali, oscilando entre o céu e o inferno, o espírito e a matéria. Cada momento, cada som, visão, sabor, cheiro e sentimento, é uma criação brilhante, dinamicamente colorida com emoção e significado. No devaneio, a artista entra na imaginação divina e fica maravilhada com a visão da alma. A artista, então, se esforça para trazer essas revelações de uma forma tangível. Anjos e demônios competem para levantar sua mão. Cada obra de arte é possuída por forças invisíveis que motivam sua criação. A artista torna-se testemunha profética da verdade da época e mensageira do atemporal. Ao tocar nosso centro mais profundo, a grande arte transmite a condição da alma e desperta o poder curativo do espírito.

SERVIÇO
Mostra Coletiva “Liberta”, das artistas Junger Thai, Larovski e Luiza Portilho
Abertura
: 21 de abril (quinta-feira), às 19 horas
Curadoria: Roan Andrade
Entrada para a exposição: Gratuita
Mais: DJs Gabi Matos e Paulíssima
Horário da apresentação: a partir das 20 horas
Entrada para a apresentação: R$ 15
Local: Lowbrow Lab Arte & Boteco (Rua 115, quadra F43A, lote 214, nº 1684, Setor Sul)
Reservas pelo whatsapp (62) 3991-6175
Siga nossas redes
: @lowbrow.galeria / @lowbrow.arte

Anúncio