Projeto de lei na Câmara Municipal pede para dar o nome de Henry Borel a uma escola no Rio

A proposta é do vereador Marcio Ribeiro (Avante) e deve ser aprovada pela Câmara

RIO DE JANEIRO, ABRIL DE 2021 – O vereador Márcio Ribeiro (Avante) deu entrada no projeto de lei Nº 191/2021, que sugere a criação de uma escola no município do Rio de Janeiro com o nome de Henry Borel. Os desdobramentos das investigações da morte do menino, de apenas 4 anos, no último dia 8 de março,  vítima de violência doméstica gravíssima, chocaram o país. Para o vereador a iniciativa não ameniza a dor da perda, mas será uma forma de de conscientizar as pessoas sobre a importância de prevenir e denunciar possíveis casos de violação de direitos da população infanto-juvenil:

“O caso do menino Henry chamou a atenção de todo o país, não apenas pela violência contra uma criança, mas pelos constantes casos de maus tratos infanto juvenil. Um  estudo do Programa de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Violência (FIA/RJ) verificou que em 58% de violência dos casos são crianças na faixa etária de 0 a 6 anos. A homenagem ao menino é uma forma de sensibilizar e conscientizar a sociedade quanto à importância de denunciar os casos no Brasil”, disse Marcio Ribeiro. Ainda segundo o parlamentar, a escolha de prestar essa homenagem dando o nome de Henry a uma escola se deu pelo fato de ser o local mais apropriado para a construção do futuro das crianças, além de ser o lugar em que todas deveriam estar.

Anúncio