Trígono Capital reduz valor do investimento inicial de seus principais fundos para R$ 250

Agora, além do Trígono Delphos Income, os fundos Trigono Flagship Small Caps, Trígono Verbier FIA e Trígono Power Yield FIA também passam a ter valor inicial reduzido. Com rentabilidade de aproximadamente 100% nos últimos 12 meses, os fundos Trigono Flagship Small Caps, Trígono Delphos Income e Trígono Verbier FIA são líderes no ranking da Economática

A gestora de fundos de ações Trígono Capital, especializada em small caps, acaba de reduzir o valor do investimento inicial de seus principais fundos. Agora, além do Trígono Delphos Income, os fundos Trigono Flagship Small Caps, Trígono Verbier FIA e Trígono Power Yield FIA também passam a ter valor inicial reduzido para R$ 250. Anteriormente, o valor mínimo era R$ 500.

A iniciativa não poderia chegar em melhor hora. Com dados extraídos da Economatica, os principais fundos da gestora Trígono Capital são destaque nos últimos 12 meses e no primeiro trimestre deste ano e ocupam as primeiras posições do ranking. Além disso, os fundos Trigono Flagship Small Caps, Trígono Delphos Income, Trígono Verbier FIA e Trígono 70 Prev FIC são os primeiros colocados em suas respectivas categorias.

O fundo Trigono Flagship Small Caps é o primeiro colocado em rentabilidade entre os fundos de small caps nos últimos 12 meses e apresentou alta de 99,6% e também muito acima do SMLL da B3, seu benchmark, que teve rentabilidade de 64,6% no mesmo período. Desde o seu lançamento, em 24 de abril de 2018, até o  dia 13 de abril, o fundo Trígono Flagship 60, que está aberto para investimentos, sua valorização atingiu 167,7%, comparado a 66,8% do índice SMLL.

Caso o cliente tenha aplicado R$ 10 mil no início da estratégia do fundo, em 24.04.2018, teria atualmente um saldo de R$ 26.770. O mesmo montante aplicado no BOVA11 (replica o índice Bovespa) e SMLL1 (índice small caps) teriam, respectivamente, R$ 13.958 e R$ 16.678, quase R$ 10 mil a mais que o índice small caps ou mais que o dobro do capital investido inicialmente.

Liderança

Outros fundos da Trígono Capital, que é especializada em small caps, apresentaram excelentes resultados nos últimos doze meses até o dia 13 de abril. O fundo Trígono Delphos Income valorizou 109% contra os 34,9% do IDIV (dividendos), seu referencial. E o Trígono Verbier FIA valorizou 106,1% em comparação com os 51,3% do IBOVESPA. Segundo dados da Economática, esses dois fundos foram os líderes em rentabilidade nos últimos 12 meses em um ranking preparado pela plataforma.

Já o fundo previdenciário Trígono 70 Prev FIC, cujo valor de investimento inicial é de R$ 1.000,00, apresentou rentabilidade de 60,6% em relação aos 2,19% do CDI.

O gestor e sócio da Trígono Capital, Werner Roger, lembra que a pandemia não afeta o consumo de alimentos. Assim, o Brasil continuará crescendo no segmento do agronegócio. “Nesse aspecto, como os estoques estão baixos, os preços estão elevados. Além do preço, o câmbio está favorável, os juros estão baixos e há crédito disponível. Portanto, há uma conjunção de fatores positivos que nunca vimos antes. Além de empresas do agronegócio, a cadeia de fornecedores do setor será beneficiada, o que inclui empresas de logísticas e fabricante de máquinas agrícolas e silos, por exemplo, além de valorização das terras que também compõe o retorno financeiro do setor.

Dadas as incertezas ainda à frente, o gestor definiu aumentar o posicionamento em empresas com receitas denominadas em moeda estrangeira, por meio de preços internacionais, exportações e subsidiárias no exterior. “Tais empresas fazem parte de principais setores: industrial, agronegócio e commodities. Aquelas do setor industrial atuam no segmento de componentes para veículos pesados e maquinários (caminhões, tratores, e máquinas off road), que por sua vez são empregados em agronegócio, logística, infraestrutura e construção”, detalha. O plano trilionário de investimentos em infraestrutura proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é um importante aliado na estratégia da Trígono, com potencial de impactar positivamente algumas empresas investidas”, detalha.

Com 39 anos de atuação no mercado financeiro e 23 anos na gestão de recurso de terceiros, o gestor Roger faz uma seleção rigorosa das empresas em que investe com base em três pilares: distribuição de dividendos; avaliação das empresas baseado no Valor Econômico Adicionado (EVA, na sigla em inglês) como ferramenta de avaliação e monitoramento das empresas em que investe; e análise das melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês), utilizando metodologia proprietária.

A gestora também segue uma estratégia de engajamento construtivo nas companhias em que investe. “Somente na Trígono, já indicamos e conseguimos eleger 14 conselheiros para os conselhos de administração e fiscais das empresas da carteira de investimentos”, destaca o CEO da Trígono Capital, Frederico Mesnik.

A boa gestão da Trígono Capital tem se diferenciado do mercado. O scorecard SPIVA da América Latina 2020, estudo da S&P Dow Jones Índices, revelou que no período de um ano, a maioria dos gestores de fundos ativos perdeu para os seus benchmarks em todas as categorias: 74,1% em Renda variável do Brasil, 88,8% em Fundos large cap do Brasil e 63,2% em Fundos mid/small cap do Brasil não conseguiram ultrapassar o seu benchmark. Adicionalmente, os gestores ativos de todas as categorias de fundos perderam para os seus respectivos benchmarks nos períodos de cinco e dez anos.

Sobre a Trígono Capital

Estabelecida em outubro de 2017, a Trígono Capital é uma gestora de recursos independente, especializada em small caps. Seus sócios-fundadores, Werner Roger e Frederico Mesnik, têm mais de três décadas de experiência no mercado financeiro. A Trígono adota a metodologia de Valor Econômico Adicionado (EVA, na sigla em inglês) como ferramenta de avaliação das empresas em que investe. As melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) são um dos principais pilares de investimento da Trígono, tão importante quanto os outros, além dos dividendos que também são considerados muitos importantes no longo prazo e reduz a dependência da valorização das ações, especialmente em momentos de queda do mercado. O nome Trígono representa a interação entre capital dos investidores, a gestão deste capital, e os ativos ou empresas que compõe as carteiras, bem como o equilíbrio entre o EVA, dividendos e ESG no processo de investimento e seleção das empresas.

Anúncio