A origem do Presidents’ Day nos EUA

Hoje é feriado de Presidents’ Day aqui nos EUA. É um feriado móvel, acontece toda terceira segunda-feira do mês de fevereiro. Mas esse é um daqueles feriados que nem todo mundo tem direito a tirar folga: o que fecha mesmo são os bancos e repartições públicas, a grande maioria das empresas funciona normalmente. A maioria das escolas fecham. Os shoppings aproveitam para fazer promoções (todo feriado é assim) e tem um monte de liquidações de Presidents’ Day acontecendo nesse final de semana prolongado.

Mas de onde saiu esse feriado, e o que é comemorado no Presidents’ Day? Inicialmente criado em 1885 e chamado de Washington’s Birthday, em homenagem ao nascimento do primeiro presidente americano George Washington, o feriado era no dia 22 de fevereiro, que era a data certa do aniversário do presidente. Para quem não sabe, George Washington é considerado um dos “pais” dos EUA (Founding Fathers), tendo liderado o exército americano na guerra de independência contra a Inglaterra e depois tornando-se o primeiro presidente dos Estados Unidos. Washington foi o presidente da convenção que escreveu a Constituição Americana.

Depois que o governo federal passou a lei que mudava diversos feriados para segundas-feiras nos anos 60 (Monday Holiday Act), este feriado passou a não ter dia fixo. E foi a partir daí que começaram a homenagear não só George Washington, mas todos os presidentes americanos – os passados e o atual.

Primeiro as homenagens passaram a ser a dois grandes presidentes da história dos EUA: George Washington e Abraham Lincoln (que fazia aniversário em 12 de fevereiro), já que a terceira segunda-feira de fevereiro cai sempre entre os dois aniversários. No final dos anos 80 o feriado já era mais conhecido como Presidents’ Day ao invés de Washington’s Birthday (curiosidade: o nome oficial federal continua sendo esse, nunca mudou – mas os estados tem direito de chamar do que quiserem, então alguns estados chamam de Presidents’ Day).

As celebrações não são do mesmo porte que o dia da independência por exemplo, mas seguem a mesma linha patriótica. As crianças nas escolas aprendem mais sobre os presidentes Washington e Lincoln e seu legado para o país.

Se você estiver nos EUA durante um Presidents’ Day, não vai notar muita diferença, a não ser pelas promoções nos shoppings. Se estiver em Washington DC, a capital federal, aí sim vai ver algumas celebrações e encontrar diversas repartições públicas fechadas. A cidade de Alexandra, na Virgínia, que é a cidade onde George Washington morou, tem comemorações durante o mês inteiro de fevereiro.

Fonte:Conexus

Anúncio