Soluções tecnológicas ajudam escolas a recuperar a aprendizagem dos alunos em 2021

A pandemia de coronavírus e a consequente suspensão das aulas presenciais determinaram uma nova realidade para a educação brasileira. Nesse cenário, as escolas tiveram que mudar suas práticas e estratégias pedagógicas para não prejudicar a aprendizagem dos alunos em 2020 e, com isso, a preocupação em relação à efetividade do aprendizado impulsionou a necessidade de diagnosticar o que foi consolidado, além de identificar as habilidades que ainda precisam ser desenvolvidas no ano que vem.

De acordo com a presidente do Conselho Nacional de Educação, Maria Helena Guimarães, o ano de 2021 deverá ser de recuperação e reforço dos conteúdos para os alunos. “Se a escola entender que uma parte dos conteúdos de 2020 não pôde ser cumprida este ano, poderá iniciar 2021 com atividades de recuperação, para repor os conteúdos. A escola terá a oportunidade de manter, até dezembro do ano que vem, as atividades presenciais e não presenciais para complementar e recuperar a aprendizagem no contraturno”, afirma.

Para auxiliar as escolas nesse processo de recuperação, a Conexia Educação lançou o AZ+, um programa digital que oferece novas oportunidades de aprendizagem com avaliação diagnóstica, mapeamento dos gaps de aprendizagem, intervenção pedagógica com trilha de conteúdos personalizada pelo Super App AZ e acompanhamento constante dos alunos, por meio de indicadores de progresso e desempenho.

Disponível para o Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e o Ensino Médio, no AZ+ cada aluno terá dupla matrícula, na qual cursará a série adequada em 2021 e consolidará as aprendizagens da série cursada em 2020. “O programa foi criado justamente para suprir a necessidade gerada pela pandemia e as aulas remotas. Por meio de soluções digitais, será possível identificar as lacunas no aprendizado dos estudantes e promover ações personalizadas para que nenhuma habilidade fundamental ao desempenho dos alunos deixe de ser desenvolvida”, diz Sandro Bonás, CEO da Conexia Educação.

A educação híbrida veio para ficar
Em meio às dúvidas e sentimento de insegurança com a retomada das aulas presenciais em diversos estados brasileiros, a única certeza que os educadores têm nesse momento é que a tecnologia chegou para ficar no setor educacional. A volta gradual das atividades no ambiente físico escolar e o possível rodízio de estudantes inseriram a educação híbrida – com a mescla do aprendizado presencial e o virtual – de vez na grade curricular das instituições.

Apesar da necessidade imediata criada pela crise sanitária no país, Sandro Bonás conta que essa transformação digital do setor era inevitável e foi antecipada em mais de cinco anos. “As escolas, em geral, ainda estavam ligadas ao modelo tradicional de ensino e acreditavam que esse futuro, com o uso da tecnologia para um aprendizado personalizado e mais efetivo, ainda estava distante. A pandemia do novo coronavírus, no entanto, mudou tudo”, afirma.

Para romper as barreiras físicas da escola, soluções educacionais digitais e inovadoras como a Plataforma AZ de Aprendizagem se consolidaram como grandes aliadas das instituições para a continuidade da prestação dos serviços educacionais. Segundo Bonás, nas primeiras semanas de distanciamento social, o uso dessas novas tecnologias em escolas particulares cresceu 85%. “Os alunos do AZ já contavam, antes da pandemia, com um Super App que tem mais de 45 mil videoaulas, banco de questões com mais de 160 mil itens, mais de 60 instrumentos de avaliação (incluindo on-line), exercícios com feedback imediato, dashboard para acompanhamento da jornada de aprendizagem, além de todos os conteúdos digitais completos e totalmente alinhados à BNCC, às matrizes do Enem e dos principais vestibulares do país. Tudo isso é fundamental para a formação integral e de alta performance do estudante, garantindo que ele seja protagonista nesse processo”, explica.

Além disso, a marca firmou uma parceria com a Zoom para permitir novas abordagens nas aulas ao vivo, inclusive com metodologias ativas. Essa integração possibilitou mais autonomia, segurança e facilidade para os profissionais da educação, alunos e famílias. “Todas as soluções do AZ são acessadas com apenas um login, por meio da plataforma integrada Conexia LEX, garantindo mais praticidade, simplicidade e conveniência aos envolvidos”, completa.

Novas matrículas em tempos de crise
A utilização de soluções educacionais inovadoras, sem improvisos, também tem gerado novas oportunidades para as escolas particulares. De acordo com Vinicius Santos, coordenador da Escola SEB Vitória, mesmo com a educação remota, a instituição registrou um aumento em novas matrículas durante a pandemia, além de fortalecer a confiança das famílias na instituição. “Nesse período, o grande desafio é conseguir oferecer para os alunos uma rotina de estudos que tenha significância para eles. E nisso a Plataforma AZ é uma parceira fundamental, porque conta com ferramentas que organizam a rotina de estudos, além de elaborar uma proposta de aprendizagem personalizada para as dificuldades e potenciais de cada um”, finaliza Santos.

Sobre Plataforma AZ
A Plataforma AZ de Aprendizagem, marca da Conexia Educação, conta com um conjunto de soluções educacionais inovadoras para a Educação Básica, o qual promove a formação integral do aluno para os desafios do século 21, além de estimular a autonomia, o alto rendimento acadêmico e o gosto pelo estudo. Por meio de ferramentas como o MAPA (conjunto de metas acadêmicas) e simulados semanais com feedback imediato no Super App AZ, é realizada a individualização da trajetória do aluno, com uma formação personalizada. Referência em aprovação nos vestibulares mais concorridos do país, a metodologia está disponível para escolas de todo o Brasil, da Educação Infantil ao Pré-Vestibular.

A Conexia Educação é uma empresa do Grupo SEB, o maior grupo de Educação Básica do Brasil, que nasceu para desenvolver, agora, a educação do futuro. Acreditando que cada aluno é único e tem necessidades individualizadas, utiliza o digital como alavanca para potencializar a aprendizagem e empoderar os alunos e os professores em busca de um trabalho mais colaborativo, contextualizado e baseado em dados. Essa jornada de transformação acontece por meio de um completo ecossistema integrado, entregue por meio das marcas Plataforma AZ de Aprendizagem, High Five Bilingual School e My Life Educação Socioemocional.
Anúncio