Senac EAD abre 1.545 vagas gratuitas em 11 cursos técnicos

Preenchimento das vagas segue critérios de classificação e oferta dos polos

Por meio do Programa Senac de Gratuidade, o Senac EAD oferece a oportunidade de pessoas de baixa renda estudarem de graça e se qualificarem para o mercado de trabalho.

No momento, estão abertas, de 15 a 21 de setembro, as inscrições para 11 cursos técnicos de nível médio na modalidade EAD em diversas áreas, para interessados que residam em Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. As inscrições podem ser feitas no Portal Senac EAD http://www.ead.senac.br/gratuito.

É possível escolher entre os cursos técnicos nas áreas de administração, qualidade, logística, meio ambiente, recursos humanos, segurança do trabalho, informática para internet, programação de jogos digitais, secretariado, transações imobiliárias e informática para internet.

Os conteúdos serão disponibilizados em ambiente virtual, e a aprendizagem desenvolve-se de forma autônoma e com horário flexível. A comunicação entre o tutor e os estudantes acontece por meio de chats e fóruns de discussão online.

O preenchimento das vagas dos cursos obedecerá, rigorosamente, aos critérios de classificação até completar a quantidade de vagas disponíveis em cada curso. As datas de início das aulas também variam de acordo com a opção escolhida e devem ser consultadas no site do Senac EAD.

Sobre o Programa Senac de Gratuidade

Resultado de um protocolo firmado entre o Senac e o Governo Federal, ratificado pelo Decreto 6633, de 5 de novembro de 2008, o Programa Senac de Gratuidade (PSG) significa educação profissional de qualidade para que milhares de pessoas possam planejar seus estudos e ter mais oportunidade de trabalho e emprego. O Programa, que já capacita mais de 20 mil jovens por ano, compreende a oferta de cursos a custo zero para pessoas cuja renda familiar per capita mensal não ultrapasse dois salários mínimos federais.

Como participar

É necessário que o candidato possua idade mínima de 15 a 18 anos a depender do curso selecionado de acordo com o edital. Podem participar do programa também trabalhadores empregados ou desempregados e cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos federais.

A baixa renda será comprovada mediante autodeclaração do candidato e a autenticidade da informação fornecida pelo candidato na ficha de inscrição poderá ser verificada por meio de entrevistas, visitas e outros mecanismos considerados viáveis, antes do ato de efetivação da matrícula.

A seleção dos candidatos para os cursos técnicos de nível médio a distância pelo Programa Senac de Gratuidade será realizada considerando os seguintes critérios: seleção por polo; seleção por curso oferecido, conforme disponibilidade de vagas; classificação obtida pela ordem de inscrição no curso escolhido pelo candidato e comprovação do atendimento da documentação exigida para a matrícula.

Sobre o Senac EAD

Com mais de 70 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

A partir de 2013, com o lançamento do portal Senac EAD, a instituição ampliou a sua atuação em todo o país. Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 350 polos presenciais para avaliações.

Acesse a programação completa de cursos do Senac EAD em http://www.ead.senac.br Há também uma programação diversificada de cursos presenciais que pode ser conferida em www.senac.br

Anúncio