Hackers invadem contas de famosos no Twitter

Hackers invadiram esta quarta-feira os perfis no Twitter dos bilionários Bill Gates e Elon Musk e do ex-presidente norte-americano Barack Obama, entre muitas outras personalidades, para um esquema que oferecia pagamentos em Bitcoin, levando a rede social a optar por paralisar as contas verificadas.

Além de Gates, Musk e Obama, tiveram os seus perfis invadidos o pré-candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Joe Biden; o proprietário da Amazon, Jeff Bezos; o rapper Kanye West; e as empresas Uber e Apple.

Os hackers partilharam mensagens similares a oferecer a duplicação do depósito dos utilizadores de dinheiro em Bitcoin para um porta-moedas criptográfico virtual.

“Decidi retribuir à minha comunidade. Todas as Bitcoins enviadas para o endereço abaixo serão enviadas de volta em duplicado. Se enviar 1.000 dólares, eu irei devolver 2.000 dólares. Só o farei por 30 minutos”, escreveram os hackers na conta de Biden. Numa mensagem semelhante, Bezos supostamente comprometia-se a devolver até 50 milhões.

Embora a maioria das mensagens tenha sido rapidamente apagada, de acordo com o “The New York Times”, pelo menos 300 pessoas caíram no esquema, perdendo um total de mais de 100 mil dólares entre elas. O Twitter reconheceu a violação do seu sistema de segurança e disse que estava a investigar o ocorrido.

“Estamos cientes do incidente de segurança que impactou as contas do Twitter. Estamos a investigar e tomar medidas para resolvê-lo”, disse a rede social numa mensagem através de uma conta corporativa.

Na conta de Musk, por exemplo, os hackers conseguiram partilhar várias mensagens durante um período de uma hora, mesmo enquanto as primeiras eram apagadas.

Fonte: EFE

Anúncio