Coronavirus: Suíça permite eventos com até 1.000 pessoas

A Suíça suspendeu a partir desta segunda-feira a proibição de encontros com até mil pessoas e reduziu a distância física mínima entre indivíduos de dois metros para um e meio.

O relaxamento do isolamento, com medidas anunciadas desde a semana passada pelo governo, também retira a limitação de horário de funcionamento para restaurantes, bares e clubes – que tinham que fechar até a meia-noite – e permite que os clientes consumam em pé nos estabelecimentos.

Também não estão mais proibidas as competições de esportes com contato físico direto. O Campeonato Suíço de futebol já foi retomado na semana passada, após quase quatro meses de paralisação.

O governo suíço anunciou que, se a situação da pandemia de Covid-19 continuar a melhorar, deve suspender em setembro a proibição de eventos com mais de mil pessoas, limitação que forçou o cancelamento do Festival de Jazz de Montreux, do Festival de Cinema de Locarno e da feira Art Basel.

As autoridades suíças também eliminaram a recomendação de continuar a trabalhar de casa, mas sugeriram que as empresas decidam se é possível e conveniente que os funcionários continuem trabalhando a distância.

A Suíça foi um dos primeiros países da Europa a aplicar medidas de distanciamento físico para frear o avanço da pandemia. A proibição de eventos com mais de mil pessoas foi imposta no dia 28 de fevereiro.

No início de março, a Suíça era um dos dez países mais afetados do mundo em casos confirmados, mas agora está longe do topo do ranking, com 31 mil contágios e cerca de 2 mil mortos por Covid-19.

Fonte:EFE

Anúncio