Bons tempos

Quando eu tinha oito anos,

eu machuquei o joelho

quando brincava de correr com minha irmã e meus amigos

fiquei encantada com o doce perfume da grama da montanha que eu rolei

mas eu era mais jovem …

 

me leve de volta para quando eu encontrei meu coração e o parti ali

fiz amigos e os perdi ao longo dos anos

e eu não vejo os campos verdes há tanto tempo

eu sei que cresci

mas mal posso esperar para voltar para casa

 

estou sem direção

mas no caminho certo

de algo talvez maior

dirigindo pela 95

cantando as músicas

feitas para quem tem a idade que eu gostaria ter

e eu sinto falta do jeito que o tempo me fazia sentir

e envelhecer é real

 

assistimos o pôr do sol do alto da praça

dezesseis anos fumando e bebendo vinho barato

fugindo de uma lei imposta pela sociedade falida

meu primeiro beijo em uma noite de final de semana,

lembro bem

eu era mais jovem então

e quero voltar para aquele momento por um instante

 

encontramos empregos

e aprendemos a beber

eu e meus amigos não vomitamos há tanto tempo

por falta de tempo

crescemos, oh como crescemos

mal posso esperar para voltar para casa

ou para algum lugar onde eu possa traduzir todos esses sentimentos

 

estou a caminho

de alguma lembrança

dirigindo pela 95

observando outras pessoas passarem por mim

cantando músicas do meu tempo

e sinto falta do jeito que meu passado me faz sentir

envelhecer é tão real

 

vimos o pôr do sol de tantos lugares

da praia

da colina

 

um amigo foi vender carros

um se aposentou e foi viver na costa

uma tem cinco filhos mas mora sozinha

o irmão da outra morreu de overdose

uma outro já está no terceiro marido

um mal consegue sobreviver

mas essas pessoas me criaram e eu mal posso esperar para encontrar todos uma vez mais

 

e eu estou indo do meu jeito,

da maneira que penso ser correta

mas dessas estradas antigas da vida

tenho muita saudade

de quando não sabíamos as respostas

e de quando tudo era bem mais fácil

a vida era feita apenas de sentimento

e assistíamos ao pôr do sol

da forma que melhor cabia

fosse da praia

ou do alto da montanha

 

que saudade.

 

Anúncio