CAMES é única Instituição Arbitral operando normalmente durante pandemia em Goiás

Levantamento da Trench Rossi Watanabe revela que somente a Câmara permanece operando de forma inteiramente virtual, sem suspensão dos prazos no período

São Paulo, abril de 2020 – Em tempos de pandemia da Covid-19, é preciso se reinventar e readequar processos para manter o bom funcionamento e andamento dos serviços. O setor jurídico não escapa dessa premissa e tem corrido atrás do prejuízo. No entanto, Câmaras de Arbitragem como a CAMES , que nasceram da transformação digital, já estão preparadas para isso. Prova disso é o levantamento feito pela banca de advogados Trench Rossi Watanabe sobre o funcionamento das instituições arbitrais no Brasil durante a pandemia. O estudo aponta que a CAMES é a única que permanece operando de maneira integralmente virtual, sem suspensão dos prazos.

A empresa nasceu para solucionar conflitos entre pessoas físicas e jurídicas, acompanhadas por advogados, de forma mais efetiva e criando possibilidades para que as relações sejam reestabelecidas. Por meio de serviços como a mediação – na qual um terceiro membro neutro e imparcial facilita a comunicação entre os envolvidos – e arbitragem – onde os envolvidos transferem a solução do caso para um profissional especializado, a CAMES possui unidades organizadas e estruturadas, que seguem o mesmo padrão de instalação e funcionamento, e 300 profissionais qualificados para conflitos do Direito Empresarial, Administrativo, Civil, Trabalhista, entre outros.

Sócio fundador da CAMES, Danilo Miranda explica que a ideia é atender, além das grandes companhias, pequenas e médias empresas que querem ficar livres do Poder Judiciário, com opção de atendimento 100% online e que solucione mais rapidamente os casos, mas aponta que o setor ainda é pouco conhecido no país. “O mercado de mediação e arbitragem no Brasil já está consolidado institucionalmente, inclusive com legislações que incentivam o uso desses métodos de solução de conflito. Entretanto, ainda é pouco conhecido pela população em geral e não foram internalizados nas rotinas dos advogados”.

Sobre a CAMES

Fundada em 2016, a CAMES é uma empresa focada em mediação e arbitragem e nasceu com o objetivo de solucionar conflitos jurídicos com mais agilidade por meio de um sistema próprio de processo eletrônico, que permite a atuação em diferentes regiões do Brasil. Com unidades espalhadas em dez cidades brasileiras e cerca de 300 profissionais responsáveis em orientar as partes de um processo, a CAMES ajuda pessoas jurídicas e físicas por meio de serviços como a mediação, na qual um terceiro membro neutro e imparcial facilita a comunicação entre os envolvidos – e arbitragem, onde os envolvidos transferem a solução do caso para um profissional especializado. A empresa também participa e organiza eventos, como o Simpósio Nacional sobre Arbitragem, com o objetivo de promover mais conhecimento sobre o setor.

Anúncio