PRIMEIRA EDIÇÃO DO RODA VIVA COM DANIELA LIMA RECEBE O PRESIDENTE DA OAB, FELIPE SANTA CRUZ

NA ENTREVISTA, O ADVOGADO FALA SOBRE A DECLARAÇÃO FEITA PELO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO SOBRE O DESAPARECIMENTO DE SEU PAI. COM CENÁRIO, TRILHA SONORA E PACOTE GRÁFICO INÉDITOS, O PROGRAMA ESTREIA NOVA TEMPORADA NESTA SEGUNDA-FEIRA (5/8), DAS 22H ÀS 23H30, AO VIVO, NA TV CULTURA, NO SITE DA EMISSORA, NO TWITTER, NO FACEBOOK, NO YOUTUBE E NO APP CULTURA DIGITAL.

Na segunda-feira (5/8), o Roda Viva dá início a uma nova fase, com cenário, trilha sonora e pacote gráfico reformulados, adotando uma atmosfera mais futurista. O programa também marca a estreia de Daniela Lima como apresentadora. Em sua primeira edição, a jornalista recebe Felipe Santa Cruz, atual presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Nos últimos dias, ele esteve no centro da polêmica gerada por declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre o desaparecimento de Fernando Santa Cruz, pai de Felipe, na época da ditadura militar. Com desenhos do cartunista Paulo Caruso, a atração inédita vai ao ar às 22h, na TV Cultura, no site da emissora, no Twitter, no Facebook, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Sobre a edição

Ex-militante da organização de esquerda Ação Popular, Fernando Santa Cruz desapareceu em 1974, logo após ser preso por agentes do regime militar. Documentos da Comissão da Verdade, da Marinha e da Aeronáutica atestam que ele foi morto um dia após sua prisão. Contudo, o presidente Jair Bolsonaro provocou fortes reações em diversos setores da sociedade após afirmar que Fernando teria sido morto pelos próprios companheiros da militância. A OAB levou o caso para o Supremo Tribunal Federal e Bolsonaro pode ser acusado de ocultar provas e de atentar contra a Constituição. O assunto será discutido ao longo da edição desta segunda-feira (5/8).

Compõem a bancada de entrevistadores Vera Magalhães, comentarista da rádio Jovem Pan e colunista do jornal O Estado de S. PauloMalu Delgado, editora-assistente de política do jornal Valor EconômicoRenata Agostini, repórter especial do jornal O Estado de S. PauloLuciana Coelho, editora do núcleo Cidades da Folha de S. Paulo; e Carolina Brígido, repórter do jornal O Globo e da revista Época.

Sobre o novo Roda Viva

Além da nova apresentadora, a partir do dia 5 de agosto, o Roda Viva também passa a ter um novo cenário. Outra novidade é que o programa ganha uma nova trilha sonora, composta com exclusividade pelo cantor e compositor João Marcelo Bôscoli. Além disso, com o universo digital evoluindo, o Roda Viva também acompanha essa transformação com a mudança do pacote gráfico do programa.