Termina neste domingo (28) o prazo para se inscrever para uma das 14 vagas do Conselho no Reino Unido

Neste fim de semana, encerra-se o prazo para inscrição dos brasileiros candidatos a uma uma das 14 vagas para o Conselho dos Cidadãos Brasileiros no Reino Unido. Até o dia 28 (domingo), qualquer cidadão brasileiro que esteja vivendo legalmente em território britânico poderá se candidatar para atuar como representante da população brasileira que vive em alguma parte do Reino Unido.

 

De Londres, os jornalistas do blog Direto de Londres entraram em contato com o atual a gestão atual do Conselho, com o Consulado,e com a Comissão Eleitoral para apurar informações dos detalhes deste processo para a comunidade brasileira.

 

Para incentivar a comunidade a participar, na sexta-feira (26), o Cônsul-Geral do Brasil Tarcísio Costa , por meio da conta de Facebook do Consulado, reforçou o convite a todos os brasileiros, lembrando que este é um espaço aberto a todos, sem qualquer restrição, desde que cumpram legalmente os requesitos. Veja aqui o edital 

 

 

A  divulgação do edital divulgação se deu em meados de março, e as incrições foram abertas no dia 14 de abril, encerrando-se agora neste domingo 28 de abril. A publicação da lista completa de candidatos será feita no dia 30 de abril (terça-feira), cada brasileiro terá a oportunidade de escolher entre os candidatos inscritos os 14 conselheiros, por meio do voto eletrônico, conforme explica a Comissão Eleitoral.

A votação durará 20 dias, sendo conhecidos dos mais votados no dia 31 de maio. Para se candidar, basta enviar um email para comissao.eleitoral.ccru2019@gmail.com

 

Com a divulgação forte dos últimos dias pelas redes sociais, pessoas como Vane Reis, que vem atuando desde 2016, em Londres, reunindo recursos para doações de todos os tipos, tomou conhecimento e decidiu se candidatar a uma das 14 vagas do Conselho. “Eu acho que é uma obrigação minha ajudar as pessoas, e penso que a comunidade não pode ficar acomodada. Há anos percebo que existe a necessidade de visar o interesse coletivo. Eu vim de portugal, onde também fiz trabalho comunitário, e a acho que precisamos unir a comunidade, trabalharmos juntos na mesma direção com muita conciência quanto às necessidade do próximo”, conclui Vane.

 

Outro candidato é Abilio Luiz do Prado Lopes, que há 12 anos vive em Londres e tem se dedicado às causas da comunidade. “Desde muito cedo meus olhos sempre se voltaram a comunidade e a necessidade do coletivo. Isso pautou minha vida e é o que me dá enorme prazer. Hoje como pastor e gerente operacional de uma Charity, entendo ainda melhor o poder da comunidade, tanto para realizações quanto para suporte. Recentemente, trabalhamos diretamente no apoio às vítimas do incêncio no Grenfell Tower e percebi como a união foi a melhor estratégia para o momento de dor e também para o tempo de reconstrução da esperança”, comenta explicando a razão pela qual coloca a sua candidatura para um dos cargos do Conselho.

 

Também resolveu colocar seu nome como candidato, Wagnelucio de Almeida Tonon, marido da brasileira Raquel Bonito, que recentemente viveu um milagre por conta da ajuda da comunidade brasileira. Raquel precisava de um duplo transplante, e os médicos do NHS já haviam desenganado quanto às chances de vida. Eles tentaram ajuda formal, mas não houve sucesso. Hoje, ele destaca a importância de devolver à comunidade o que recebeu, atuando com sua vivência num caso que comoveu os brasileiros meses atrás. Assista aqui a reportagem

 

Para o Consulado-Geral do Brasil é muito importante o interesse que a comunidade tem mostrado nas eleições para diretoria do CCRU. Indica reconhecimento da importância desse mecanismo para estreitar o diálogo entre os brasileiros residentes no Reino Unido e o Consulado, que continuará empenhado, sob orientação do Ministério das Relações Exteriores, em favorecer cada vez mais a autonomia da comunidade brasileira.

 

O Setor de Imprensa do Consulado não expressou expectativa quando ao possível número de pessoas interessada em se candidatar, no entanto, via email, declarou: “fazemos votos de que todos aqueles com disponibilidade para o exercício desse importante trabalho voluntário disponham-se a concorrer. Estamos certos de que haverá um número suficientemente amplo de candidaturas para que a comunidade tenha margem de escolha”.

 

O Direto de Londres,  por email*, conversou  com a secretaria e coordenação da atual gestão, coloca, acompanhe:

 

*** Não houve edição das respostas (publicação ipsis literis)

 

 

Redação Direto de Londres – O que foi feito para divulgar a existência do Conselho e a eleição até agora?

 

Atual Conselho (CCRU) – Primeiramente, o Conselho contatou o Consulado desde junho de 2018 a fim de alinhar os procedimentos relativos a eleição. A primeira reunião exclusiva relativa as eleições aconteceram no dia 1 de fevereiro de 2019 no Consulado Geral do Brasil. ( ver link da ata da reunião abaixo)

https://sistemas.mre.gov.br/kitweb/datafiles/CgLondres/pt-br/file/Ata%20reuni%C3%A3o%2001-02-2019.pdf

A agenda foi sugerida e tem sido cumprida desde então. O conselho de cidadania do Reino Unido divulgou a primeira vez a eleição dia 3 de fevereiro, no facebook do C.C.R.U.

Desde então, o C.C.R. U. tem enviado press release a mídia impressa, feito publicidade online sobre as eleições, distribuído flyers em seus eventos, publicado em grupos de brasileiros no facebook e no WhatsApp. O Consulado também tem feito publicidade das eleições de todas formas possíveis.

 

Redação Direto de Londres – Quantos dos atuais conselheiros pretendem se recandidatar?

 

Atual Conselho (CCRU) – Os conselheiros não são obrigados a nos informar se irão se recandidatar. Temos o conhecimento que apenas um conselheiro se declarou como candidato até agora.

 

Redação Direto de Londres – Qual foi o resultado atingido ao longo do trabalho desta gestão?

 

Atual Conselho (CCRU) – O CRBE, completou 10 anos em 2018, e estamos muito satisfeito de que o CCRU é um conselho atuante e tem crescido desde a eleição do primeiro mandato de 2017.

Durante o mandato de 2018-2020, O CCRU realizou:

 

2 Feiras de Educação

1 Plenária Pública

2 Fóruns de Empreendedorismo

1 Feira de Cultura

1 Chá das mulheres – ( Diurno)

1 Feira de Saúde

1 Noite do Conselho

1 Projeto de cidadania – Livro da cidadania

Participou do concurso do Logo do CRBE e teve seu logo como ganhador do concurso

Record na história do CRBE em número de participantes em conferencias, levando 4 pessoas em 2 conferencias.

Fez parcerias com empresários locais, instituições bancarias brasileiras, comunidade, conselheiros e mídia local.

Mapeou 13 escolas de ensino de português como língua de herança.

Executou 6 CCRU itinerantes

Voluntariou nas eleições de 2018, no primeiro turno e no segundo turno.

Participou da festa de 7 de setembro em Londres.

Participou da 1º. Feira de Empreendedorismo na Europa em Amsterdam 10 Fevereiro de 2019.

Realizou encontros com membros dos conselhos em Zurique, Londres, Genebra e Lisboa

Recebeu membros dos outros conselhos da Bélgica, Zurique, Berlim e Paraguai.

3 membros do conselho participaram do I Conferencia de atendimento Consular / Violência Doméstica e Doenças mentais correlatas– Nov 2018

Em relação ao alcance:

Através do nosso facebook podemos ver que temos:

85 visitas diárias, 2550 visitas por mês.

Aumentamos os amigos do CCRU no facebook de 0 para 418.

Média de público aos eventos 50 pessoas. Nosso evento de maior audiência foi a Feira da Cultura com 250 inscrições e um público presente de 106 pessoas.

Nosso vídeo sobre a plenária teve 5000 visualizações.

Encerráramos nossas atividades com chave de ouro levando 4 conselheiros para a próxima conferência preparatória em Porto, no final de Maio, todos pagando do seu próprio bolso, sem custo algum a nenhum órgão público.

Continuaremos nossas atividades normalmente até a posse do novo conselho, dando suporte continuo enquanto se fizer necessário e for permitido conforme o estatuto do conselho.

 

Redação Direto de Londres – Por que o Conselho é importante no atual cenário da comunidade no Reino Unido? (Espaço para explicar o objetivo e missão)

 

Atual Conselho (CCRU) – O conselho de cidadania no Reino Unido e’ o formato de conselho que conseguiu se firmar de forma organizada, estruturada e alcançar mais resultado que as formações anteriores (conselho participativo e conselho de cidadão)

A imigração voltou a crescer no Reino Unido, as famílias estão mais maduras e as necessidades civis em relação a pátria mãe derivam deste processo longo de imigração.

 

O CCRU conta com 9 mesas temáticas que conseguem agrupar a maioria dos aspectos mais importantes que afetam a vida do cidadão brasileiro no exterior.

 

Redação Direto de Londres – O que foi feito para atingir todo o Reino Unido e não apenas Londres?

 

Atual Conselho (CCRU) – Contatamos administradoras de grupos fora de Londres, pedimos aos nossos amigos e conhecidos indicação de pessoas que eram socialmente atuantes fora de Londres, acreditamos ter candidatos de Oxford, Surrey, Manchester, Birmingham e Irlanda. O Consulado também fez busca de pessoas, entidades e organizações para divulgar as eleições fora de Londres.

 

Atual Conselho (CCRU) – Qual é a expectativa de renovação das mesas?

 

Redação Direto de Londres – Estamos muito animados com a renovação dos candidatos. Acreditamos que o trabalho de base foi efetuado em relação a compliance e governança. O CCRU já tem um calendário de eventos que foram realizados com sucesso, documentado e testado. Algumas parcerias também foram realizadas. Mapeamento de escolas, professores de português como segunda língua, mapeamento de professionais de saúde e artistas também foram feitos. Temos muitos projetos e muita informação coletada nesses últimos 2 anos que podem potencializar o trabalho do próximo conselho.

 

Links disponibilizados pelo CCRU durante a entrevista

http://cglondres.itamaraty.gov.br/pt-br/conselho_de_cidadania.xml

Tema Eleição – https://sistemas.mre.gov.br/kitweb/datafiles/CgLondres/pt-br/file/Ata%20reuni%C3%A3o%2001-02-2019.pdf

https://www.facebook.com/395037640980750/photos/pcb.578083552676157/578083442676168/?type=3&theater

https://www.facebook.com/395037640980750/videos/377595599744202/

Calendário de atividades propostas (2 de agosto 2018)

https://sistemas.mre.gov.br/kitweb/datafiles/CgLondres/pt-br/file/Ata%20do%20CCRU%2002%20ago%202018.pd

 

Artigo anteriorQuarto filme da franquia Vingadores Ultimato, chega as telonas
Próximo artigoPapa doa US$ 500 mil para ajudar migrantes no México
Cristiane Lebelem
Direto de Londres foi criado pela jornalista Cristiane Lebelem, que também é a fundadora da empresa de comunicação e marketing na Europa – From A to Be. A jornalista é a responsável pela assessoria de imprensa de grandes nomes da música brasileira na Inglaterra. Desde 1998, atua nas mais variadas plataformas de comunicação - televisão, rádio, revista, jornal impresso, assessoria de imprensa, mídias sociais, blog e eventos – numa trajetória de mais de 20 anos na comunicação social. Com passagens pela TV Globo (RPCTV em mais de 3 cidades do Paraná), da TV Record (RICTV em Curitiba), além da Rádio Bandnews FM, TV Educativa, Gazeta Mercantil, entre outros meios de comunicação no Brasil, a jornalista foi a responsável pelo novo projeto de comunicação que levou o antigo Brazilian News (com mais 18 anos de atividade na capital inglesa) para Notícias em Português, reunindo toda a comunidade de fala portuguesa e expandindo para todo o Reino Unido a distribuição do jornal quinzenal (antes semanal). Cristiane também administrou a publicação irmã, Express News UK, em espanhol, por um período em que conseguiu reunir na América do Sul e na Europa uma equipe internacional trabalhando pela comunidade de fala portuguesa e espanhola. Em Londres, atuou no desenvolvimento da plataforma de jornalismo colaborativo Blasting News, com a produção de vídeo-notícias em português e espanhol com colaboradores nas Américas e na Europa, reunindo mensalmente mais de 16 mil vídeos em notícias. A jornalista acaba de lançar no Brasil – juntamente com outros colegas de profissão – o livro "Ética no Jornalismo Brasileiro" - Ed. Intersaberes, onde descreve sua experiência nas mais diversas áreas do jornalismo. Também atua na formação de jornalistas com a produção de material didático (Economia & Jornalismo - Curso de Comunicação Social – Jornalismo EAD da UNINTER), no Brasil.