George H. W. Bush 12/06/1924 – 30/11/2018

Funeral de George H. W. Bush reúne Trump, Obama e Clinton em Washington

Ex presidente dos E.U.A. morreu aos 94 anos na ultima sexta-feira, dia 30 de novembro.

O funeral do ex-presidente George H. W. Bush, morto na sexta-feira (30), reuniu lado a lado o presidente Donald Trump, Barack Obama e Bill Clinton, na quarta-feira (5) em Washington. 

O caixão com o corpo de Bush pai deixou o Capitólio no início desta tarde e foi levado para a Catedral de Washington. Trump não deve discursar durante o funeral.

Entre as autoridades estrangeiras que acompanham a cerimônia estão: o príncipe Charles da Inglaterra, a chanceler alemã, Angela Merkel, o rei jordaniano Abdullah II e a rainha Rania, entre outros.

Nascido em uma família rica da Nova Inglaterra, Bush governou o país de 1989 a 1993, durante o fim da Guerra Fria e a primeira Guerra do Golfo, mas foi derrotado na eleição presidencial de 1992 – quando tentava a reeleição – por Bill Clinton.

Este último está na catedral ao lado de sua esposa, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, assim como os outros dois ex-presidentes democratas, Jimmy Carter e Barack Obama, com as ex-primeiras-damas Rosalynn Carter e Michelle Obama.

Em um dia de luto nacional, a maioria dos prédios públicos e Wall Street permaneceram fechados. As votações no Congresso e os debates na Suprema Corte foram cancelados.

Milhares de pessoas passaram desde segunda-feira à noite diante do caixão do 41º presidente dos Estados Unidos no Capitólio, onde George H. W. Bush iniciou sua carreira política nos anos 1960.

Após uma cerimônia final na Igreja Episcopal de San Martin, em Houston, o ex-presidente será enterrado atrás da Biblioteca Presidencial George Bush, ao lado de Barbara, sua esposa durante 73 anos, e Robin, sua filha que faleceu vítima de leucemia quando tinha três anos.

O ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush, chamado popularmente de “Bush pai” após a eleição do filho George W. Bush como presidente, o republicano foi o 41º presidente a ocupar a Casa Branca, entre 1989 e 1993.

George H.W. Bush sofria de Parkinson, doença que há muitos anos o impedia de caminhar. Mesmo em cadeira de rodas, o ex-presidente continuou fazendo diversas aparições públicas, mas sua saúde foi se tornando cada vez mais frágil.

Em novembro de 2012, foi internado e passou quase dois meses hospitalizado por causa de uma bronquite, chegando a passar o Natal no hospital. Em dezembro de 2014, voltou a ter problemas respiratórios e retornou ao Houston Methodist Hospital.