Rita Gomes Todeschini
Rita Gomes Todeschini – Empresária, Analista Politica e colaboradora do site Na Pauta Online.
Esta coluna é publicado todas as segundas.

Eleições 2018! Está aí um engodo que, além do fígado, o psicológico precisará estar preparado, porque olha, a sensação que tenho é que abriram as portas do hospício e soltaram os alienados de uma vez só.

Por sua vez, o preparo do fígado, servirá para digerir o tanto de absurdo que ainda leremos, veremos e ouviremos, afinal, à essa altura, o coração já estará mais enganado do que paixão de férias.

Definitivamente essas serão as eleições dos enganos, da manipulação e das notícias fakes. Tudo isso para fazer o povo acreditar naquilo que não existe e achar que aquilo que existe não passa de uma mentira deslavada.

Começamos com a Vênus Platinada, mais conhecida como Rede Globo.Esta semana ela começará uma série de entrevistas com os candidatos a presidência: Bolsonaro, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, fechando com Marina Silva que, de longe e pelo tempo destinado a candidata nos seus telejornais, já se pode eleger como a preferida da emissora.

Mas se a intenção é entrevistar todos os candidatos, onde estão: Álvaro Dias,Meirelles, Amoedo e obviamente, principalmente, Fernando Haddad- ou Andrade, como o povo simples do sertão do país já o apelidou?

Se a desculpa for a porcentagem de intenção de votos nas pesquisas, essa desculpa não cola. Afinal Haddad, Alckmin, Almoedo e Álvaro estão na mesma faixa de intenção de votos.

O caso do Haddad é o mais complicado, pois em todas as pesquisas feitas com o nome do candidato sendo o Lula, este lidera em disparado em todos os cenários.

Há uma discussão técnica em torno de sua candidatura, a Lei da Ficha Limpa, que, pela interpretação da direita amedrontada, o impediria de fazer campanha, mesmo que o TSE ainda não tenha se pronunciado sobre a homologação da inscrição da chapa Lula-Hadad. Então, até que se diga ao contrário, ou até que o TSE julgue, tecnicamente Lula não estaria impedido de fazer campanha.

Mas em seu caminho há o imbróglio da Lava Jato, onde foi julgado e condenado rapidamente pela primeira instância e, numa velocidade jamais vista na justiça brasileira, também pela segunda instância, para, depois disso, o processo voltar ao habitué marasmo do judiciário brasileiro que o mantém preso por uma decisão do STF que, hora vale, hora não, dependendo do cliente.

Até a ONU se pronunciou a favor dele fazer sua campanha. Então, nada mais justo e lógico, diante da situação inusitada que se vivencia, que Hadad deveria ser chamado a participar dos debates e entrevistas.

Mas chamar o Hadad é uma dose de democracia que o já combalido corpo que abriga a nossa sociedade e os meios de comunicação não suportaria, haveria uma falência total do revanchismo, e isso eles não querem pôr em risco de maneira alguma.

Se a tentativa da Vênus Platinada é tentar esconder a candidatura do Lula,a estratégia está totalmente equivocada. Pois há muito tempo ela deixou de ser o único grande meio de comunicação no Brasil. Isso só demonstra o receio dos outros candidatos em enfrenta-lo, mas medo do quê mesmo??? Essa é uma pergunta sem resposta, quem sabe as vésperas das eleições ela seja elucidada?

Mais injuriada ainda fico, obvio- menos com o falso profeta Cabo Daciolo, este deveria estar num púlpito e não numa disputa presidencial- é com a falta de transparência com os outros três candidatos. Manipulação descarada, mas enfim.

A Jovem Pan, cancelou seu debate por não estar de acordo com a presença do Haddad e por Bolsonaro ter arregrado em ir em todo e qualquer debate daqui para frente. Mas ele não está tão preparado, porquê do medo?? Ah! Já sei…acabou a mão para escrever a cola.

Ah!!! Não posso esquecer o mico, para não dizer o constrangimento que o candidato Geraldo Alckmin passou essa semana, depois que alguém de sua equipe vazou uma gravação, supostamente gravada num sitio no nordeste, um lugar de criação de ovelha e carneiros, onde se ouve ao fundo a dona do sítio, D. Marlucia, diz a plenos pulmões durante a gravação, enquanto ele apresenta o local, que seu voto não é dele, sim do candidato incógnita Lula.Com uma equipe dessas, Geraldinho, você não precisa de oponentes.

Como disse, o coração nestas eleições precisa ser esquecido, pois se ele for levado a sério como conselheiro, o candidato perfeito é aquele que só tira fotos em seus comícios e carreatas pelo Brasil a fora, com ângulo fechado, para assim dar a impressão de uma multidão de apoiadores, quando na verdade não passa de meia dúzia de acreanos. Uma bela jogada de marketing!

Que assim, como a exclusão dos outros candidatos, nada mais é do que uma crônica da verdade que passa a ser mentira…E o que é mentira, passa a ser verdade, ou então uma meia verdade, onde as emissoras só contam a meia mentira.

Ah!!!! Sou a favor da liberação do porte de arma, desde que seja uma baladeira ou estilingue, depende da região. Para assim, jogar umas bolinhas de papel em alguns e assim ver se os parafusos voltam para o lugar.

Até semana que vem.

Twitter: @ricazinha