Aparentemente o mundo está cada dia mais louco!

Ou nós que olhamos exclusivamente para aquilo que chama mais a atenção, aquilo que mesmo não querendo engolir nós dá a satisfação de poder reclamar! Seria o ato libertador de reclamar?

Passamos de sorrisos em sorrisos vendo coisas boas, coisas lindas como nascimentos de bebês, sorrimos com a inteligência de animais como cães e gatos, sorrimos com a inocência das perguntas das crianças! Elogiamos feitos básicos como aquele gari que devolveu o dinheiro achado nas ruas, achou graça quando um grupo de palhaços vão visitar crianças com câncer nos hospitais, quando olhamos paisagens belas paramos para admirar!

Mesmo assim não queremos parar a nossa vida cotidiana de trabalho, casa, trabalho, escola, casa…Não queremos olhar para a realidade escancarada que está na nossa frente! Queremos sorrir, mas não queremos buscar sorrir!

Queremos que seja automático como as nossas vidas modernas, um estado momentâneo, o que se propaga no éter que nos une, é a raiva disso e daquilo! É a raiva de que os momentos sejam apenas momentos! Raiva do Lula, raiva do Bolsonaro, raiva do Brasil perdendo a copa, raiva de saber que se você der bobeira seu telefone vai ser roubado na rua! Raiva, raiva, raiva… Cheios de raiva vamos dormir e acordar!

Daí vem a vontade de exterminar! Exterminar tudo e todos que tiram seu sorriso do rosto! E acabamos parando de enxergar os momentos! Aqueles momentos que queríamos que fossem eternos.

Mas não vejo a vontade de construir coisas que farão pessoas sorrirem, sentimos é inveja daquele que sorri, ao emanar sua raiva, a raiva de outro pode ir lado a lado com a sua ou fazer com que outros sintam raiva de você por discordar daquilo que você concorda! É basicamente a briguinha chata do povo brasileiro em se dizer de esquerda e direita sem ter noção do que estão falando! E são nessas horas que fico pensando: Alguém quer mesmo sorrir por sorrir ou querem muito sentir raiva, muita raiva para que um dia sem perceber num sorriso pequeno sinta um pouco de amor sem saber de onde veio?

Ninguém quer ceder, ninguém quer a paz e amor, querem apenas estarem certos em suas próprias convicções estupidamente não pensadas! Querem apenas fazer parte de um grupo, seja o grupo de factoides que desejam matar bandidos sendo contra abortos, deixando claro que não são pró vida, e sim pró castigo para quem “abriu as pernas”, tipo: Fez, agora aguenta! Sem perdão, cristãos sem perdão?

Para alguns o mundo se divide em certo e errado, ou seja, se um se acha certo o outro está errado e vice versa… Não importa o lado que estiver você estará sempre errado! E ao menor sinal de que seu pensamento saiu dessa limitação, o seu próprio grupo te excluirá!

Não existe o certo e o errado, e sim o que é e o que não é!

Tem também o grupo revolucionário que não tem filhos e acham super normal um cara pelado em forma de arte para que crianças vejam aquilo que nem os adultos gostam de ver com naturalidade, ou que quer matar os cristãos e xingar um Deus que eles acham que nem existe! Como podem xingar algo inexistente?

Grupos que querem apenas enfrentar o oposto, falam em aceitação e respeito, mas essa aceitação é para quem fizer parte de um dos lados, a união é palavra inexistente na cabeça de quem tem certeza de que a verdade vem da boca dele, apenas da boca deles!

Grupos querendo ditar as regras da sua vida! Todo dia são novas regras, a cada dia são novas opiniões! Certezas incertas, pensamentos limitados, lógicas fora da verdade! Mas qual é a verdade?

A verdade é aquela que te faz sorrir, que te faz fazer alguém sorrir! A paz é verdade, a guerra pela paz é estúpida, o amor é verdadeiro, único sentimento que se torna ilimitado em sua plenitude, o ódio além de passageiro é burro, pois nem eterno ele é! A liberdade é verdade! O aprisionamento da sua liberdade pelos grupos é uma violência sem tamanho!

Mas o grupo certo é aquele que sem grupos faz o bem sem olhar quem!
Aquele cara que cumprimenta a tiazinha na rua, a criança que pede ao pai para plantar uma arvore, aquela caixa de mercado que erra o troco e percebendo vai gritando atrás do cliente, gente que sabe que o melhor está por vir, gente que diz obrigado, gente que sente a esperança, que sente vontade de ajudar, de fazer alguém sorrir! Esse sim é grupo para se fazer parte! Não se juntam para reclamar, não se juntam para fazer! Eles apenas fazem com que o bom seja melhor com as ferramentas que tem! Pessoas que cantam até o sol raiar, gente de bem! Que sem nenhuma bandeira levantada trava guerras contra as mazelas deste mundão de meu Deus! Tentando sempre acreditar no outro, seguem suas próprias intuições!

É um exercito mais poderoso da Terra, estamos em todos os lugares, nós conhecemos pelos encantos de amor que propagamos no dia a dia, quem faz parte desse exercito sabe quem é quem!

E você? Faz parte de que grupo?