Boris Johnson demite-se e deixa o governo de May fragilizado

Anúncio

Ministro dos Negócios Estrangeiros e defensor de uma saída rigida da comunidade europeia, afirma que o país “está a caminho de se tornar uma colônia”.

Nesta manhã, foi substituido por Jeremy Hunt, até aqui ministro da Saúde. Theresa May pode ter de enfrentar momentos de censura no Partido Conservador.

Com o terremoto que caiu sobre o Governo britânico, depois das demissões de David Davis e Boris Johnson, a primeira-ministra tem duas opções: ou se mantém fiel ao “soft Brexit” decidido na sexta-feira ou volta atrás.

Independentemente da escolha, os deputados conservadores eurocépticos e defensores de um “hard Brexit” avisam que a governante vai entrar em “terreno muito perigoso”.

Ainda, o líder trabalhista pede demissão de Theresa May.

“O governo precisa agir em conjunto e fazê-lo rapidamente e se não puder, deve abrir caminho para aqueles que podem”, afirmou no parlamento Jeremy Corbyn.

Anúncio

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.