Mais de 30 casas evacuadas devido aos incêndios no norte da Inglaterra

Anúncio

Os incêndios que afetam as regiões de Lancashire e Grande Manchester e que duram há uma semana teriam tido inicio de maneira criminosa. Essa é a conclusão dos bombeiros que têm trabalhado a combater o fogo, divulgada este domingo aos jornalistas.

Quando se tem fogo a deflagrar num prado em dois locais diferentes é bastante óbvio que tal aconteceu de forma deliberada”, declarou o responsável pela comunicação dos Serviços de Fogo e Salvamento de Lancashire.

Um homem de 22 anos já tinha sido detido na sexta-feira passada, por suspeitas de ter ateado o fogo da zona de Winter Hill.

Os fogos distribuidos no norte de Inglaterra lavram desde a noite de domingo passado (24 de junho). A situação intensificou-se este sábado, quando os ventos levaram à junção de dois focos de incêndio. Atualmente, há cerca de 200 bombeiros no terreno, espalhados por sete zonas diferentes, bem como cerca de 100 soldados que foram enviados na quinta-feira para ajudar a combater as chamas.

A situação agrava-se pelo fato de que as previsões meteorológicas mostram tempo seco para os próximos dias.

“A tendência é de tempo seco e muito quente, o que não é ideal”, afirmou Helen Roberts, do Instituto de Meteorologia. “Não há previsões de chuva durante toda a semana.”

Mais de 30 casas já foram evacuadas e a autoridade local recomenda que os moradores não abram as janelas e nem saiam de casa.

Anúncio