Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Reprodução retirada da internet
Anúncio
Rita Gomes Todeschini
Rita Gomes Todeschini – Analista Politica e colaboradora do site Na Pauta Online.
2018 será a eleição mais estranha que já tivemos!
Olha e com todos os percalços da ditadura.

Esta semana então? A pesquisa DataPoder 360, em todos os cenários sem Lula na disputa, coloca Bolsonaro como favorito, e um empate técnico no segundo lugar entre Ciro e Haddad (ara, até o Haddad engole o Dória.Tô passada). Se não bastasse isso, nenhum dos nomes ungidos do PSDB, MDB, DEM e agregados, tiveram um desempenho mínimo esperado, o povo surtou!

O PSDB como sempre resolveu soltar um manifesto. Os autores: FHC e Cristovam Buarque, este que anda tão queimado no DF que não deve se eleger nem para síndico de bloco, imagine para outra coisa. Mas voltando ao nosso assunto, o manifesto que deveria ser lançando como uma “aliança” entre os partidos chamados de centro, até agora não entendi essa mas vamos lá, intitulado como: Um manifesto por um Polo Democrático e Reformistajá nasceu morto, nenhum dos partidos assinou, afinal cada um tem seus interesses:DEM – Rodrigo Maia; MDB – Nem Deus sabe; PTB – idem ao anterior; e o PPS – insiste na candidatura do Cristovam para presidência.

Ou seja, um manifesto que deveria “unir” alguns partidos em torno de um nome com musculatura para enfrentar Bolsonaro, morreu na praia.

Convenhamos, essa coisa de manifesto já passou né? É bem coisas anos 60/70. Mas essa é a pegada. Não existe hoje um nome que realmente mostre algum entusiasmo, alguém com sangue novo, alguém com aquele IT!

Esse pessoal parou no tempo, são fósseis políticos que não se deram conta que está na hora de sair de cena e deixar que os novos apareçam, investir em novos nomes.Está na hora deles aprenderem a dialogar com a nova geração, descobrir seus anseios, viver a renovação.

Nem Bolsonaro empolga, tanto é que o número de votos brancos e indecisos supera com folga o 1º lugar do Bolsonaro.

Só sei que: restam duas saídas: Ciro Gomes ou Haddad num eventual segundo turno contra o Bolsonaro ou então….. os jurássicos se darem conta que o único que pode bater o Bolsonaro é o Lula ….

Quanto a minha pessoa, já estou encomendando a camiseta: “A culpa não é minha, não votei, não voto e nunca votarei no Bolsonaro”.

Até semana que vem!

@Ricazinha

Anúncio

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.