Martinho da Vila 8.0, uma filosofia de vida

Anúncio
Katia Saules
Katia Saules – Atriz, formada em Artes Cênicas, escritora e critica de artes e colaboradora do site Na Pauta Online.

Uma belíssima homenagem ao querido Martinho da Vila, muito mais que um grande músico, um ser humano da melhor qualidade, a peça ‘Martinho da Vila 8.0, Uma Filosofia de Vida’ conta uma história rica desde a infância pobre até o sucesso dos dias atuais.

Mesmo que resumidamente, o que deve ter sido uma árdua tarefa para seus idealizadores, sua trajetória nos é contada de forma leve, mas passando pelos momentos mais fortes e emocionantes com a devida importância. Um espetáculo que vai além, que envolve, que nos faz conhecer um Martinho até mais especial do que seu público já conhece.

Com uma direção pontual do talentoso William Vita, aos olhares atentos de Cléo Ferreira, que é esposa de Martinho, o musical conta com trechos de entrevistas, áudios narrados pelo próprio cantor e imagens que nos fazem viajar no tempo. O recurso do telão, que serve como uma extensão do cenário, é inteligente e funcional.

A peça é baseada no livro ‘Memórias Póstumas de Tereza de Jesus’, de Martinho da Vila, onde fica clara a intenção de homenagem à mãe, que sempre esteve ao seu lado. Tudo com muita sutileza, até mesmo a passagem de tempo, quando existe a troca de atores que o interpretam (Vitor Hugo, Junior Vieira e Nill Marcondes, que o fazem na infância, jovem em início de carreira e já quando é sucesso mundial, respectivamente) e mostram não só talento, mas estudo e preocupação em reproduzir de forma fiel o cantor em sua longa estrada.

Babi Xavier faz a esposa, de forma graciosa, Ana Miranda manda lindamente seu recado interpretando Dona Teresa de Jesus, sua mãe, Junior Vieira tem pequena e marcante participação como Sr. Josué, seu pai, Esther Delamare faz sua querida professora Ida e William Vita  mostra mais um de seus talentos compondo Marcus Pereira, seu primeiro empresário.

Imperdível palpite para quem gosta de samba…e ‘Quem não gosta de samba…bom sujeito não é…’

Anúncio

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.